No estúdio com Paulinho Albuquerque

Lula Galvão
Das muitas gravações que fiz com o Paulinho, duas me fazem sempre lembrar dele. Candeias do Edu Lobo, que está no disco Festa da Rosa Passos, cujo o arranjo é meu e ele, Paulinho, com toda razão, achou a intro “grande pra caralho, vamo cortar um pedaço…”. Mas depois de gravado o arranjo, ele bancou a intro que, na verdade, era uma introdução típica de um forasteiro recém chegado querendo mostrar serviço.
A outra é Nó na Garganta, do Guinga que está no CD Cheio de Dedos. O Paulinho sugeriu que eu fizesse a melodia. Fui aprender na hora, pois não conhecia a música, e quando chegou aos três minutos de aprendizagem, com o próprio Guinga me ensinando, porque ele não escreve música, ouço aquela voz do Paulinho no meu fone: “Ô Lula, esse disco é pra sair agora, em três semanas!”. Parece brincadeira mas, antes dessa gravação, houve uma sessão de três horas de histórias e anedotas…
…………………………………………………………………………….
E aqui quem fala é o DJ Reinaldo… Você vai ouvir agora as músicas que o Lula acaba de lembrar aí : primeiro, a sensacional gravação de CANDEIAS, de Edu Lobo, com Rosa Passos, Itamar Assiere (piano), Jorge Helder (baixo elétrico), Erivelton Silva (bateria), Paulo Guimarães (flauta em sol), Idriss Boudrioua (sax alto) e Lula Galvão (violão e arranjo).
E nesse video, o NÓ NA GARGANTA, com os violões de Lula Galvão e Guinga.
Anúncios

Uma resposta em “No estúdio com Paulinho Albuquerque

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s